Per citar aquest document: http://ddd.uab.cat/record/115763
Misoginia e retórica teologizadora da aparência feminina na Idade Média : o depoimento ascético do De cultu feminarum, de Tertuliano
Louzada Fonseca, Pedro Carlos (Universidade Federal de Goiás (Brazil))

Títol variant: Misogyny and theologizing rhetoric of feminine appearance in the Middle Ages : the ascetic testimony of De cultu feminarum by Tertullian
Data: 2013
Resum: A preocupação dos primeiros séculos do cristianismo com a aparência das mulheres constitui um tema recorrente na chamada literatura patrística, cuja doutrina se fundamentava numa visão de jurisdição teológica e patriarcalista, comprometida com certas posturas e atitudes tendenciosamente misóginas que viam a mulher como propensa ab origine ao disfarce e à adulteração da sua imagem criada por Deus. Nessa primeva percepção cristã do feminino, destaca-se Tertuliano (c. 160-c. 225) como um autor de um discurso moralista fortemente religioso que submete o vestuário e o ornamento femininos a preceitos e prescrições teologicamente constituídos. Este artigo propõe discutir os principais aspectos retóricos dessa cosmetologia teológica que se caracteriza como asceticamente misógina em Tertuliano.
Resum: The concern of the early centuries of Christianity about the appearance of women is a recurring theme in the so-called patristic literature, whose doctrine was based on a vision of theological and patriarchal jurisdiction committed to certain postures and attitudes tendentiously misogynistic that had seen the woman as prone ab origine to disguise and adulteration of her image created by God. In this primeval Christian perception of the female, Tertullian (c. 160-c. 225) stands out as an author of a moralist discourse strongly religious which submits female clothing and ornaments to precepts and prescriptions theologically constituted. This article proposes to discuss the main aspects of the rhetoric of this theological cosmetology which characterizes itself as ascetically misogynist in Tertullian.
Nota: Este artigo é produto parcial da pesquisa intitulada Mulher difamada e mulher defendida no pensamento medieval: textos fundadores, que integra a Rede Goiana de Pesquisa sobre a Mulher na Cultura e na Literatura Ocidental da Fapeg (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás). A pesquisa, sob minha coordenação, recebeu apoio financeiro dessa instituição de fomento para o período de 2013-2014. É também produto de plano de trabalho de projeto de pesquisa relacionado ao tema e intitulado A mulher na visão dos Padres da Igreja e do seu legado medieval: estudo e leitura de textos fundamentais, desenvolvido em estágio de pósdoutorado em 2013, com bolsa da Fapeg, junto ao Programa de Pós-Doutorado da Universidade Estadual do Rio de Janeiro, sob a supervisão da Profa. Dra. Maria do Amparo Tavares Maleval.
Drets: Tots els drets reservats
Llengua: Portuguès
Document: article ; recerca ; publishedVersion
Publicat a: Mirabilia, Núm. 17 (juliol-desembre 2013) , p. 442-466, ISSN 1676-5818



25 p, 1023.8 KB

El registre apareix a les col·leccions:
Articles > Articles publicats > Mirabilia : electronic journal of antiquity and middle ages
Articles > Articles de recerca

 Registre creat el 2014-02-12, darrera modificació el 2016-06-04



   Favorit i Compartir