Per citar aquest document: http://ddd.uab.cat/record/129562
Reflexões sobre as características de um trabalho de campo que estimule a argumentação e a enculturação científica dos alunos
Grandi Aparecida, L. (Universidade de São Paulo. Departamento de Psicologia e Educação)
Motokane Tadeu, M. (Universidade de São Paulo. Departamento de Psicologia e Educação)

Data: 2009
Resum: A linguagem das ciências na sala de aula e no trabalho de campo muitas vezes é desprovida de sentido para os alunos. Refletindo sobre essas questões, pesquisadores investigaram como o discurso nesses ambientes favorecia o raciocínio lógico e a enculturação científica. Entretanto, pressupondo-se que a sala de aula e o trabalho de campo tenham funções de igual importância na educação em ciências, o objetivo desse trabalho é discutir como aliar as atividades de ambos os locais, propiciando aos alunos oportunidade de contactar a cultura da ciência através do estímulo da argumentação. A exemplo, uma pesquisa realizada na Espanha será analisada de forma a refletir sobre suas contribuições com relação à enculturação científica da classe.
Drets: Tots els drets reservats
Llengua: Portuguès
Document: article ; recerca ; publishedVersion
Publicat a: Enseñanza de las ciencias, Núm. Extra (2009) , p. 849-852, ISSN 2174-6486



4 p, 42.7 KB

El registre apareix a les col·leccions:
Articles > Articles publicats > Enseñanza de las ciencias
Articles > Articles de recerca

 Registre creat el 2015-02-23, darrera modificació el 2016-06-04



   Favorit i Compartir