Per citar aquest document: http://ddd.uab.cat/record/145226
A Arte Transformista Brasileira : rotas para uma genealogia decolonial
Bortolozzi, Remom Matheus (Universidade Estadual do Rio de Janero)

Títol variant: The Brazilian Art of Transvestism : routes to a decolonial genealogy
Data: 2015
Resum: Nesse trabalho aponto rotas para a investigação da arte transformista brasileira. Conectando-me ao campo epistemológico do Construcionismo Social, defendo que a construção da identidade sexuais e de gênero não pode ser isolada das trajetórias sociais pessoais – incluindo suas redes de sociabilidade, sua inserção em comunidades culturais e sua trajetória de carreira –, questiono o uso de categorias como “travesti”, “transexual”, “homossexual” e “transformista” como definidoras de identidades evidentes isoladamente. Proponho a investigação do transformismo, como forma de lançar um outro olhar para as vivências subjetivas, uma vez que amplia os significados sexuais e de gênero compartilhados intersubjetivamente em cenários localizados, bem como compreende esses contextos como espaços de criação de novos significados sociais. Para esse escopo, traço rotas epistêmicas de compreensão do transformismo dentro de uma etnogênese da comunidade LGBT brasileira, entendendo-a como uma pesquisa genealógica decolonial e tomando o conceito de “entre-lugar” como operador de leitura.
Resum: In this study, my aim is to portray routes to an investigation of the Brazilian art of transvestism. In approaching to the epistemological field of social constructionism, I argue that the construction of sexual and gender identity cannot be isolated from personal social trajectory - including their social networks, their integration in cultural communities and their own course of career - I question the use of categories like "transvestite", "transsexual", "homosexual" and "transformista" as they define evident isolated identities. I propose the investigation of the Brazilian art of transvestism as a way to look, from a different point of view, at the subjective experiences as it extends the sexual and gender meanings shared intersubjectively in localized scenarios and understand these contexts as spaces for creating new social meanings. Therefore, I introduce epistemic routes to comprehending the art of transvestism within an ethnogenesis of the Brazilian LGBT community, understanding it as a decolonial genealogy research and taking the concept of "the space in-between" as reading operator.
Drets: Aquest document està subjecte a una llicència d'ús Creative Commons. Es permet la reproducció total o parcial i la comunicació pública de l'obra, sempre que no sigui amb finalitats comercials, i sempre que es reconegui l'autoria de l'obra original. No es permet la creació d'obres derivades. Creative Commons
Llengua: Portuguès.
Document: article ; recerca ; publishedVersion
Matèria: Transvestism ; Identity ; Brazilian LGBT community ; Ethnogenesis ; Transformismo ; Identidade ; Comunidade LGBT brasileira ; Etnogênese
Publicat a: Quaderns de psicologia, Vol. 17 Núm. 3 (2015) , p. 123-134 (Artículos) , ISSN 2014-4520

DOI: 10.5565/rev/qpsicologia.1274


12 p, 121.6 KB

El registre apareix a les col·leccions:
Articles > Articles publicats > Quaderns de psicologia
Articles > Articles de recerca

 Registre creat el 2016-01-11, darrera modificació el 2016-06-04



   Favorit i Compartir