Per citar aquest document: http://ddd.uab.cat/record/65153
A Questão da Agência em Redes Acadêmicas de Pesquisa : Centralidade, Produtividade e Escolha
Rossoni, Luciano
Guarido Filho, Edson Ronaldo
Machado-da-Silva, Clóvis L.

Data: 2010
Resum: No presente artigo, investigamos o papel da agência na construção do conhecimento científico com base em pressupostos do estruturacionismo. Para tanto, a noção de agência foi empiricamente tratada a partir da análise de redes sociais, tendo como indicadores a centralidade, produtividade e escolha preferencial de pesquisadores do campo da pesquisa na área dos estudos organizacionais e da estratégia em organizações no Brasil. Foram considerados 2. 332 artigos entre os anos de 1997 e 2005, por meio dos quais analisamos 2. 072 pesquisadores. Destacamos o papel de alguns deles, classificados como continuantes, para avaliar mais detalhadamente indicadores estruturais, além da trajetória de sua produção acadêmica. Nossos achados permitem afirmar que não somente a estrutura social apresenta dualidade, condicionando e habilitando a ação, mas também a própria capacidade de agência. Vista correntemente na literatura como potencialmente transformadora, ela também condiciona a ação dos agentes, pois suas capacidades projetivas tendem a ser guiadas por condutas do passado, no sentido de vincular suas ações à trajetória social e intelectual vivida no campo, podendo acarretar maior conformidade e habitualidade na pesquisa. Denominamos esse fenômeno como paradoxo da capacidade de agência, pois a mesma via que habilita a ação também a limita cognitivamente.
Resum: In this article, we examine the role of the agency in the construction of scientific knowledge under the assumptions of structurationism. For this purpose, the notion of agency has been empirically treated from the social network analysis, with the indicators being the centrality, productivity and preferential attachment of researchers in the field of organizational studies and strategy in Brazil. We analyzed 2,072 researchers, in that we highlight the role of some of them, classified as continuants, in order to evaluate structural indicators in more detail, in addition to the trajectory of their academic production. Our findings allow us to affirm that it is not only the social structure that shows duality, conditioning and enabling the action, but also the capacity of agency itself. Currently viewed in the literature as a transforming capacity, it also conditions the action of agents because their projective capacities tend to be guided by past conduct in that they link their actions to the social and intellectual trajectory they have experienced in the field, bringing greater conformity and habitualness to research. We have addressed this phenomenon into a cognitive realm and have called it as paradox of agency capability.
Drets: Aquest document està subjecte a una llicència d'ús Creative Commons. Es permet la reproducció total o parcial, la distribució, la comunicació pública de l'obra i la creació d'obres derivades, fins i tot amb finalitats comercials, sempre i quan es reconegui l'autoria de l'obra original.
Llengua: Portuguès
Document: article ; recerca ; publishedVersion
Matèria: Agència ; Anàlisi de xarxes socials ; Centralitat ; Coneixement científic ; Agência ; Análise de redes sociais ; Centralidade ; Conhecimento científico ; Escolha preferencial ; Agency ; Social network analysis ; Centrality ; Scientific knowledge ; Preferential attachment
Publicat a: Redes : revista hispana para el análisis de redes sociales, Vol. 19, Núm. (2010) , p. 96-121, ISSN 1579-0185



pdf
27 p, 434.0 KB

html
106.8 KB

El registre apareix a les col·leccions:
Articles > Articles publicats > Redes
Articles > Articles de recerca

 Registre creat el 2011-01-07, darrera modificació el 2016-06-11



   Favorit i Compartir