Resultados globales: 3 registros encontrados en 0.02 segundos.
Artículos, Encontrados 3 registros
Artículos Encontrados 3 registros  
1.
43 p, 1.6 MB A Sonata para Violino e Piano K304 em Mi Menor de Mozart (1756-1791) : relações temáticas e formais das Schemata / Pereira, Aline Mendonça ; Hartmann, Ernesto (Universidade Federal do Espírito Santo (Brasil))
O presente artigo analisa as relações entre forma e Schemata na Sonata K304 em Mi Menor para Violino e Piano (1778) de Wolfgang Amadeus Mozart. Por ser a única obra do gênero em modo menor do compositor e por a ela serem atribuídas características marcantemente expressivas em virtude da ocasião de sua composição; período em que sua mão faleceu durante sua turnê em Mannheim, Viena e Paris; seu processo composicional merece atenção. [...]
This paper analyses the relations between form and Schemata in Wolfgang Amadeus Mozart's E Minor Violin Sonata K304 (1778). Since this work is the composer's sole composition in this genre in minor mode and has been attributed with remarkable expressive features once it was conceived during his travel to Mannheim, Munich and Paris; travel that coincide with his mother death; it's compositional strategies and process are of particular interest. [...]

2019
Mirabilia, Núm. 28 (jan-jun 2019) , p. 591-633 (Articles)  
2.
33 p, 889.6 KB A Sinfonia Fúnebre (1790) do Padre José Maurício Nunes Garcia (1767-1830) : análise com o conceito de Schema Musical de Robert Gjerdingen / Hartmann, Ernesto (Universidade Federal do Espírito Santo)
Neste trabalho investigo na Sinfonia Fúnebre (1790) do Padre José Maurício Nunes Garcia o emprego do que o musicólogo norte-americano Robert Gjerdingen denomina Schemata. As Schemata são estruturas abstratas que foram amplamente utilizadas durante o período que esteve em voga o estilo Galante, tanto na Europa Central como em suas Colônias, como o caso, o Brasil. [...]
In this work I investigate the use in Father José Maurício Nunes Garcia's Sinfonia Fúnebre (1790) of what the American musicologist Robert Gjerdongen calls Schemata. According to Gjerdingen, Schemata are abstract structures that were part of the Galant Style, either in Central Europe as in the Colonies, as Brazil is the case. [...]

2018
Mirabilia, Núm. 27 (jun-dez 2018) , p. 221-253 (Special issue)  
3.
16 p, 340.7 KB A Estética da Interpretação dos Sonhos / Silva, José Eduardo Costa (Universidade Federal do Espírito Santo (Brasil)) ; Hartmann, Ernesto (Universidade Federal do Espírito Santo (Brasil))
Trata-se de um estudo filosófico sobre as tensões e articulações entre a Estética e a Lógica na A Interpretação dos Sonhos de Sigmund Freud (1856-1939). Procuramos demonstrar como Freud, nesse texto que é estratégico para o estabelecimento da práxis psicanalítica e que repercute nos movimentos artísticos contemporâneos, estabelece um método amparado no rigor da observação e da lógica e, ao mesmo tempo, chama em auxílio a este método noções provenientes da Estética, quais sejam, as noções de representação, de forma, de conteúdo e de unidade, parecendo contrariar, desse modo, a tradição filosófica idealista, que estipulara historicamente a distinção entre o inteligível e o sensível.
This paper presents a philosophical study of the tensions and interconections between Aesthetics and Logic in The Interpretation of Dreams by Sigmund Freud (1856-1939). We wish to demonstrate how Freud in this text which is strategic for the establishment of psychoanalytic praxis and that resonates in contemporary artistic movements, establishes a method supported in the accuracy of observation and logic and, at the same time, invocates in aid to this method notions of representation, form, content and unit, seemingly opposing thus the idealist philosophical tradition, historically founded in the distinction between the intelligible and the sensible.

2015
Mirabilia, Núm. 20 (January-June 2015) , p. 205-220 (Thematic number)  

¿Le interesa recibir alertas sobre nuevos resultados de esta búsqueda?
Defina una alerta personal vía correo electrónico o subscríbase al canal RSS.