Per citar aquest document: http://ddd.uab.cat/record/158364
Novas formas de protesto social e velhos caminhos de luta da classe trabalhadora : encontros e desencontros. Um estudo a partir do caso brasileiro no período recente.
Badaró Mattos, Marcelo (Universidade Federal Fluminense)

Publicació: Bellaterra: CEFID-UAB, 2016
Descripció: 13 pàg.
Col·lecció: VIII. Organizational forms and social conflict / Formes organitzatives i conflicte social / Formas organizativas y conflictividad social
Resum: A emergência de diversas e múltiplas manifestações de protesto social no plano internacional, no período dos últimos cinco ou seis anos, tem gerado caracterizações sobre a novidade ou especificidade desses movimentos, seja pelo perfil dos manifestantes, seja pelas modalidades organizativas que os convocam ou deles surgem, seja ainda por seus programas de reivindicações implícitos ou explícitos. Entre tais caracterizações e análises predomina a valorização de elementos como: a rejeição às formas tradicionais de organização das lutas da classe trabalhadora desde o século XIX (os partidos e sindicatos em especial); um perfil de lideranças e bases distinto daquele tradicionalmente associado à classe trabalhadora; um horizonte organizativo diferenciado, pautado pela rejeição a formas institucionais e estruturas hierarquizadas e um conjunto de propostas e demandas muito diversificado e fragmentado, que possui por pontos de contato uma difusa rejeição à ordem política e uma reação decidida aos modelos de ajuste econômico típicos das estratégias de enfrentamento da crise capitalista pelos governos de diferentes matrizes partidárias após 2008. Este artigo está longe de pretender questionar em bloco tal caracterização dominante. Porém, a partir do caso brasileiro, estudado com ênfase sobre o caráter das manifestações multitudinárias que eclodiram, em meio à chamada Copa das Confederações de futebol, em meados de 2013 (denominadas como “jornadas de junho”) e das lutas sociais que a estas se relacionaram - ocorrendo antes ou depois - espera-se demonstrar uma conexão entre protestos coletivos que aparentemente se encaixam plenamente na caracterização acima resumida e formas mais tradicionais de luta e organização da classe trabalhadora, como as greves e o movimento sindical.
Drets: Tots els drets reservats
Llengua: Portuguès
Document: bookPart
ISBN: 9788460878605
Publicat a: III International Conference Strikes and Social Conflicts: combined historical approaches to conflict. Proceedings, 2016, p. 1140-1152



13 p, 91.5 KB

El registre apareix a les col·leccions:
Llibres i col·leccions > Capítols de llibres

 Registre creat el 2016-06-22, darrera modificació el 2016-09-30



   Favorit i Compartir