Pobreza, crescimento econômico e degradação ambiental no meio urbano brasileiro
Rodrigues, Lora dos Anjos (Universidade Federal de Viçosa (Brasil))
Cunha, Dênis Antônio da (Universidade Federal de Viçosa (Brasil))
Brito, Lélis Maia (Universidade Federal de Ouro Preto (Brasil))
Pires, Marcel Viana (Universidade Federal de Viçosa (Brasil))

Fecha: 2016
Resumen: O presente trabalho teve como objetivo verificar como se dá a relação entre a renda e degradação ambiental no meio urbano brasileiro, analisando se a pobreza e o crescimento econômico são determinantes de impacto negativo ou positivo sobre o meio ambiente. Optou-se pelo modelo Logit Ordenado, pois a variável dependente referente à degradação ambiental foi construída de forma qualitativa e as escolhas podem ser ordenadas segundo níveis de intensidade de degradação. Verificou-se que variáveis que representam dimensões do desenvolvimento humano da população, como consciência ambiental, educação, saúde e renda são determinantes para explicação do processo de degradação. Conforme esperado, a degradação ambiental apresenta uma relação de "N" invertido com o crescimento da renda no Brasil e suas regiões. A identificação dos determinantes da degradação ambiental fornece informações importantes para fins de planejamento de políticas públicas capazes de atuar sobre os mesmos, minimizando seus efeitos negativos sobre o bem-estar das populações urbanas diretamente afetadas.
Resumen: This paper aimed verify how is the relationship between income and environmental degradation in Brazilian urban. We analyzed if the poverty and economic growth are determinants of negative or positive impact on the environment. It was decided to use the Ordered Logit model, because the dependent variable related to environmental degradation was built qualitatively and the choices can be organized in according to intensity levels of degradation. It was verified that the variables which represents dimensions of human development of the population such as environmental awareness, education, health and income are determinant to explain the degradation process. The environmental degradation presents a relation of an inverted "N" with income growth as expected in Brazil and its regions. Thus, the identification of determinants of environmental degradation provides valuable information for planning public policies able of to act on them, minimizing their negative effects on the well-being of urban populations directly affected.
Derechos: Tots els drets reservats
Lengua: Portuguès.
Documento: article ; recerca ; publishedVersion
Materia: Pobreza ; Crescimento econômico ; Degradação ambiental ; Meio urbano ; Poverty ; Economic growth ; Environmental degradation ; Urban area ; Brasil
Publicado en: Revibec : revista de la Red Iberoamericana de Economia Ecológica, Vol. 26 (Octubre 2016) , p. 11-24 (Articles) , ISSN 1390-2776

Adreça original: https://www.raco.cat/index.php/Revibec/article/view/314875


14 p, 3.2 MB

El registro aparece en las colecciones:
Artículos > Artículos publicados > Revibec
Artículos > Artículos de investigación

 Registro creado el 2016-11-24, última modificación el 2019-07-20



   Favorit i Compartir