Per citar aquest document: http://ddd.uab.cat/record/112601
Misoginia e Santidade na Baixa Idade Média : os três modelos femininos no Livro das Maravilhas (1289) de Ramon Llull
Ventorim, Eliane (Instituto Brasileiro de Filosofia e Ciência Raimundo Lúlio)

Títol variant: Misogyny and sanctity in the Late Middle Ages : the three female models in the Book of Wonders (1289) of Ramon Llull
Data: 2005
Resum: Durante todo o período medieval o pensamento misógino ocupou os escritos clericais. A mulher era considerada um ser muito mais próximo da carne e dos sentidos e, por isso, uma pecadora em potencial. Afinal, todas elas descendiam de Eva, a culpada pela queda do gênero humano. No início da Idade Média, a principal preocupação com as mulheres era mantê-las virgens e afastar os clérigos desses seres demoníacos que personificavam a tentação carnal. A partir do século XI, com a institucionalização do casamento pela Igreja, a maternidade e o papel da boa esposa passaram a serem exaltados. Criou-se uma pedagogia da salvação feminina a partir basicamente de três modelos femininos: Eva (a pecadora), Maria (o modelo de perfeição e santidade) e Maria Madalena (a pecadora arrependida). Com base nesses três pilares analisei a concepção feminina contida no Livro das Maravilhas (1289) do filósofo maiorquino, Ramon Llull (1232-1316) que, através de exempla que demonstram situações cotidianas do século XIII, deixa transparecer sua posição quanto à misoginia, à santidade e aos possíveis caminhos para a salvação feminina.
Drets: Tots els drets reservats
Llengua: Portuguès
Document: article ; recerca ; publishedVersion
Matèria: Dona ; Misogínia ; Santitat ; Mulher ; Misoginia ; Santidade ; Ramon Llull
Publicat a: Mirabilia, Núm. 5 (Juny-Desembre 2005) , p. 193-211, ISSN 1676-5818



19 p, 255.4 KB

El registre apareix a les col·leccions:
Articles > Articles publicats > Mirabilia : electronic journal of antiquity and middle ages
Articles > Articles de recerca

 Registre creat el 2013-10-14, darrera modificació el 2016-10-20



   Favorit i Compartir