Assédio moral no trabalho : a compreensão dos trabalhadores sobre a violência
Soares Nunes, Thiago (Centro Universitário UNA)
Tolfo, Suzana da Rosa (Universidade Federal de Santa Catarina)
Cantera Espinosa, Leonor M. (María) (Universitat Autònoma de Barcelona. Departament de Psicologia Social)

Título variante: Workplace bullying : the workers understanding about violence
Fecha: 2018
Resumen: O assédio moral no trabalho é uma situação já recorrente há muito tempo. Porém, foi somente nas últimas décadas que foi identificado como um fenômeno destruidor do ambiente laboral, não apenas provocando a diminuição da produtividade, mas também favorecendo o absenteísmo devido aos efeitos/consequências que provoca. Por sua vez, uma das grandes dificuldades de combater e coibir a violência é a informação sobre ele, seu conceito e características. Nesse sentido, o presente artigo teve por objetivo descrever a definição de assédio moral no trabalho a partir do relato dos participantes sobre o tema em um termo/palavra. Para tanto foram utilizadas três pesquisas que ocorreram em 2008, 2010, e 2014-2015, tendo como público-alvo trabalhadores de diversos setores, como por exemplo, bancário, docentes e técnico-administrativos, saúde, justiça, e demais. Como conclusões, os participantes definiram o assédio moral prioritariamente por aspectos da prática hostil, como humilhação, desrespeito, abuso; e, em sequência, como uma consequência/efeito, como vergonha, medo, raiva. Verificou-se ainda que existe similaridade dos termos utilizados pelos participantes das pesquisas de 2008 até 2015.
Resumen: Workplace bullying is an old situation. However, in the last few decades it was actually identified as a destructive work environment, not only causing a decrease in productivity, but also favoring the absenteeism due to the effects/consequences that it causes (Hirigoyen, 2008). One of the major difficulties to fight against and prevent violence is information about it, the concept and its characteristics. The purpose of this article was to describe the definition of workplace bullying from participants' answers about the topic in a term/word. In order to do so, three surveys that occurred in 2008, 2010 and 2014-2015 were used, with participants from many sectors, such as banking, health system, justice, education, technical and administrative roles, and others. As a conclusion, the participants primarily defined workplace bullying as hostile practice aspects, such as humiliation, disrespect, abuse; and in sequence as a consequence/effect such as shame, fear, anger. It was also verified that there is similarity of the terms used by the research participants from 2008 to 2015.
Derechos: Aquest document està subjecte a una llicència d'ús Creative Commons. Es permet la reproducció total o parcial, la distribució, la comunicació pública de l'obra i la creació d'obres derivades, sempre que no sigui amb finalitats comercials, i sempre que es reconegui l'autoria de l'obra original. Creative Commons
Lengua: Portuguès
Documento: article ; recerca ; publishedVersion
Materia: Assédio moral ; Consequência ; Práticas hostis ; Workplace bullying ; Consequences ; Hostile practice
Publicado en: GeSec : revista de Gestão e Secretariado, Vol. 9, núm. 2 (2018) , p. 205-219, ISSN 2178-9010

Adreça alternativa: https://www.revistagesec.org.br/secretariado/article/view/629


15 p, 570.3 KB

El registro aparece en las colecciones:
Artículos > Artículos de investigación
Artículos > Artículos publicados

 Registro creado el 2018-08-27, última modificación el 2020-08-08



   Favorit i Compartir